Parafuso de 300 milhões de anos encontrado na Rússia!

Jun 19, 2013 por     Sem Comentário    Postado por: Elementos de Fixação

Será verdadeira a noticia do parafuso de 300 milhões de anos encontrado na Rússia? Veja o que descobrimos!

Na primeira semana de abril de 2013, a história apareceu em diversos blogs e fervilhou nas redes sociais: Cientistas russos teriam encontrado, em 1998, um parafuso de ferro incrustado em uma rocha de mais de 300 milhões de anos!

O achado, segundo o que foi informado na notícia, mede aproximadamente 2 centímetros de largura e estaria assombrando pesquisadores, pois a descoberta provaria a existência de alguma civilização inteligente antes mesmo dos dinossauros (ou que o tal parafuso tenha caído de algum disco voador, no passado)!

Abaixo, uma imagem do parafuso de 300 milhões de anos:


Parafuso com mais de 300 milhões de anos teria sido encontrado na Rússia! Verdadeiro ou falso?

 

Verdadeiro ou falso?

De fato, ao que tudo indica, a foto é real! Apesar disso, a história não é bem essa

A notícia foi publicada inicialmente em um tabloide grego em agosto de 2012. Outros sites e blogs reproduziram a história, mas não encontramos muitas referências diferentes das citadas pelos gregos. Aliás, o tabloide não da muitas pistas de onde foram tiradas as informações.

O fóssil do pequeno parafuso teria sido descoberto em uma escavação em 7 de outubro de 1996 por um grupo de “cientistas” chamado Kosmopoisk , uma organização russa que financia pesquisas sobre OVNIs , criptozoologia e outras ciências e/ou personagens da pseudociência paranormal (além de diversos “assuntos misteriosos”).

A organização possui mais de 2.500 membros ativos em quase uma centena de grupos espalhados em 25 países e já organizou mais de 250 expedições desde 1980. A natureza científica da Komopoisk é meio obscura e entre seus projetos estão o anúncio do desenvolvimento de uma máquina do tempo feita por seu líder, Vadim Chernobrov.

Também não se sabe o motivo do achado ter sido divulgado somente no ano passado.

Afinal, o que é o parafuso?

Muito se falou sobre o parafuso por aí, mas a verdade é que o objeto não tem nada de extraterreno ou de sobrenatural. O achado nada mais é do que o tronco de um fóssil de Crinóidea.

Os crinoides fazem parte da classe de equinodermos que inclui os organismos conhecidos como crinoides, lírios-do-mar e comatulídeos. São animais marinhos que ocupam todas as profundezas até aos 6000 metros e se alimentam por filtração.

Sabe-se que os primeiros registros de crinoides datam do período Ordoviciano, que começou há 488 milhões anos e terminou 443 milhões de anos atrás.

Na imagem abaixo podemos ver que o fósseis do organismo possuem diversas formas e o formato de parafuso é uma das mais comuns:

 

Outros fósseis de crinoides encontrados em setembro de 2008, por alunos em um parque em Indiana – EUA:

Conclusão

Não há nada de misterioso, extraterreno ou inexplicável no tal parafuso. Trata-se apenas do caule de um organismo marinho fossilizado.

 

Tem alguma coisa para dizer? Deixe um comentário.

XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>